Saiba como o IntelleTotum da Dígitro pode te auxiliar no planejamento das suas ações.


Acompanhe a evolução do Coronavírus em sua localidade por meio do monitoramento em tempo real de fontes de notícias e redes sociais com rastreabilidade de todas as pessoas envolvidas.


As ferramentas de inteligência da Dígitro permitem acompanhar fontes de notícias, Twitter, Facebook, além de rastrear casos suspeitos e compreender a dinâmica de todas as pessoas que tiveram contato com agentes envolvidos.

Quero saber mais

INTELIGÊNCIA PARA GERIR CRISES

ANÁLISE DE VÍNCULOS

MONITORAMENTO

Rastreabilidade de pessoas

Localidade de

interesse

Identificação de pessoas expostas

Sigilo de

informação

ANÁLISE DE MÍDIAS SOCIAIS

Descubra onde o assunto está sendo abordado

Veja quem são os influenciadores

Saiba onde estão os influenciadores

Descubra quem está sendo influenciado

Entenda o comportamento de uma determinada população para Gestão de Crises

Tenha acesso a fontes oficiais de dados e centenas de notícias

Monitore todos os agentes envolvidos no tema

Trace planos preventivos e evite o desperdício de recursos

Tenha ferramentas eficientes para analisar dados e acompanhar a evolução das informações

Análise Gráfica Estruturada

Georreferenciamento
Análise de redes sociais

Análise de vínculos e cronológica

Análise textual

Milhares de fontes

de notícias

Gestão de casos

Monitoramento de coletas

Quero saber mais

IntelleTotum

A plataforma de

inteligência da Dígitro

  • Instalações On-premises ou Nuvem
  • Interface Web para maior mobilidade
  • Monitoramento em tempo real com alertas
  • Flexibilidade para o monitoramento de assuntos de interesse
  • Capacidade de Big Data em fontes de notícias e redes sociais
  • Segurança da informação usando critérios de cadeia de custódia da Segurança Pública

Atue de forma mais eficiente e transforme dados em informações para a tomada de decisão


Entre em contato


Seus dados estão protegidos conosco.

Entenda o Coronavírus*

Os primeiros coronavírus foram identificados ainda na década de 1960, sendo que a maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida. Os coronavírus mais comuns nos humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) causa infecções respiratórias e foi descoberto em 31/12/2019 após o registro de casos em Wuhan, na província de Hubei -China.

O novo agente do Coronavírus (nCoV-2019) mobilizou organismos internacionais e a comunidade científica que buscam identificar meios de prevenção, transmissão e métodos de tratamento para esse novo tipo de vírus. Alguns coronavírus podem causar doenças como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS). Até o momento são conhecidos os seguintes tipos de coronavírus:

  • • Alpha coronavírus 229E e NL63.
  • • Beta coronavírus OC43 e HKU1
  • • SARS-CoV (causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave ou SARS).
  • • MERS-CoV (causador da Síndrome Respiratória do Oriente Médio ou MERS).
  • • nCoV-2019: novo tipo de vírus do agente coronavírus, chamado de novo coronavírus, que surgiu na China em 31 de dezembro de 2019.

No início a doença não se diferencia entre os sintomas causados pelo coronavírus e os demais vírus, por isso é importante ficar atento às áreas de transmissão. O vírus causa sintomas semelhantes a um resfriado, podendo causar também pneumonias.

Os principais sintomas são:

  • • Febre.
  • • Tosse.
  • • Dificuldade para respirar.

O Ministério da Saúde do Brasil orienta alguns cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir as infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus:

  • • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • • realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • • cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • • manter os ambientes bem ventilados;
  • • evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • • evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Como é definido um caso suspeito do coronavírus?*

Situação 01

Febre E pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar) E histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a OMS, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.

Situação 02

Febre E pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar) E histórico de contato próximo de caso suspeito para o coronavírus nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.

Situação 03

Febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar) E contato próximo de caso confirmado de coronavírus em laboratório, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.

Somos uma empresa 100% brasileira e pioneiros no setor de tecnologia em Florianópolis, temos mais de 40 anos de atuação nos mercados público e privado, mantendo uma constante busca por novidades. É, por isso, que construímos diariamente novas possibilidades e desenvolvimentos, tendo como base nossa rica bagagem de atuação nos segmentos de comunicação e inteligência.


Nos destacamos por melhorar o relacionamento de empresas com seus clientes. Somos reconhecidos como Empresa Estratégica de Defesa (EED), certificada pelo Ministério Brasileiro de Defesa, garantindo, assim, que nossos recursos atendam a avançados requisitos de segurança.


Estamos presentes em todo o território nacional e prontos para atender às necessidades de sua empresa. Entre em contato.


*Informações extraídas da Secretaria do Estado de Saúde.